App ajuda profissionais de diversas áreas a economizarem na compra de itens importados

September 4, 2019

Brasileiros usam tecnologia para “driblar” nova taxa dos Correios + dólar alto e continuar comprando itens essenciais para a profissão diretamente do exterior

 

De acordo com dados do Ebit/Camara-E.Net, os números de pedidos realizados por brasileiros em sites internacionais pulou de 35,8 milhões, em 2014, para mais de 73 milhões, no ano passado. Os e-commerces estrangeiros costumavam ser uma alternativa para profissionais que buscavam itens essenciais para suas profissões – principalmente na hora de escolher produtos que ainda não estavam disponíveis no Brasil. No entanto, a escalada do dólar combinada com a taxa extra anunciada esta semana pelos Correios para compra de importados – chamado “Despacho Postal” – deve diminuir os pedidos em sites internacionais.

 

Uma opção que tem ajudado os profissionais que procuram economia e segurança na hora de importar produtos é apostar em tecnologias e plataformas digitais, que facilitam o acesso aos itens. O Grabr – (https://grabr.io/pt), por exemplo, é um aplicativo de compartilhamento de bagagens, que conecta pessoas que desejam produtos que não encontram no Brasil, a milhares de viajantes ao redor do mundo com espaço disponível na mala.  

 

Julian Rigo é cozinheiro e usa o app para encomendar temperos e utensílios para cozinha. Em seu último pedido, conseguiu ter acesso a um sapato específico para chefs de cozinha que ainda não pode ser encontrado no Brasil. Além da economia de dinheiro, Julian destaca a questão do tempo: “como o produto é trazido por um viajante que está voltando para o Brasil, a espera não é longa e tudo é feito de forma segura e mediada pela plataforma. Para quem precisa dos produtos para trabalhar, essa é uma ótima opção”, comenta.

 

De acordo com informações do app, a economia para os brasileiros costuma ser de 30% a 40%, em média, podendo chegar a 70% em épocas de campanhas promocionais, como a Black Friday. 

 

De acordo com Michele Chahin, embaixadora do Grabr no Brasil, os profissionais que mais encomendam acessórios e produtos específicos para o trabalho são fotógrafos, videomakers, cozinheiros, músicos e DJs. “Isso ocorre devido a diferença dos preços entre EUA e Brasil, pelo app a economia pode ser de até 80%”.

 

Como funciona para o comprador 

Por meio do compartilhamento de bagagens é possível comprar produtos do mundo todo sem sair de casa. O comprador, além de economizar, não precisa pagar altas taxas de frete nem esperar meses para receber o produto. Segundo o Grabr, as mercadorias mais procuradas e que também geram mais economia para os compradores brasileiros são os eletrônicos e os produtos para bebês.

 

Para gerar um pedido na plataforma é necessário inserir alguns dados do produto como a descrição do item e link de onde ele pode ser comprado no país do exterior. Com isso, viajantes indo ou voltando para estas localidades podem trazer o produto, com uma taxa de recompensa, calculada pelo app. O valor da comissão só é liberado para o viajante após a entrega ser efetuada, garantindo a segurança do acordo. Em caso de problemas com o pedido e entrega da compra, a startup reembolsa os valores pagos, garantindo a segurança das transações. 

 

Sobre a Grabr  

Disponível nos formatos de app e desktop, a plataforma Grabr permite que viajantes monetizem suas viagens por meio de recompensa, ou seja, ao trazer produtos dentro do espaço livre de suas bagagens, o usuário recebe uma bonificação. Presente em 120 países entre eles o Brasil, a Grabr possui mais de 500 mil usuários em todo mundo. Criada em 2015 em São Francisco – EUA pelos russos Daria Rebenok e Artem Fedyaev, a startup obteve no ano passado um faturamento de cerca de 7 milhões de dólares e agora chega a América do Sul onde enxerga um grande potencial de mercado. No último mês de março, recebeu um aporte de US$ 8 milhões da Foundation Capital e segue em franca expansão para tornar a empresa cada vez mais forte no mercado brasileiro. 

 

Page views:
41 Ways to Travel and Make Money
Whether traveling for a week, month or the entire year, these 41 money-making tips will help fund your next adventure!
Shop Anything from the World
Shop Anything from the World Brought to you by travelers going your way! Our most popular collections: